Polícia

Professora é agredida brutalmente pelo companheiro em Trindade

Da Redação
[email protected]

Uma professora de 38 anos registrou um boletim de ocorrência na Central de Flagrantes de Trindade após ser vítima de uma agressão física brutal por parte de seu companheiro. Câmeras de segurança capturaram imagens chocantes em que a mulher é arrastada pelos cabelos dentro de sua própria casa, enquanto o agressor aplica uma “gravata”, socos e a joga violentamente no chão.
De acordo com relatos da vítima à polícia, um vizinho testemunhou as agressões e interveio, iniciando uma discussão com o agressor. Durante a distração proporcionada pelo vizinho, a professora conseguiu fugir e enviar uma mensagem urgente para um amigo com a palavra “polícia”, o que resultou no acionamento imediato da Polícia Militar (PM).
Segundo o depoimento da professora, o motivo da violência foi uma discussão iniciada pelo companheiro, que a acusou de gastos excessivos e roubo. No entanto, ela afirmou que sempre teve autonomia para utilizar o dinheiro do parceiro para despesas pessoais, domésticas, alimentação, farmácia e transferências via PIX para terceiros.
O relacionamento entre ambos durava três anos, após um namoro inicial de apenas três meses. No dia do crime, ela convidou o companheiro para almoçar, mas ele demonstrou nervosismo e agressividade desde o início da conversa.
Ao tentar escapar, a professora foi alcançada e brutalmente agredida, sofrendo não apenas puxões de cabelo e socos, mas também sendo jogada contra o chão e recebendo uma “gravata”. O caso está sendo investigado pelas autoridades competentes, e medidas de proteção à vítima estão sendo adotadas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo