Goiânia

Plantões psicológicos de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes ocorrerão durante o Mutirão de Goiânia

Da Redação
[email protected]

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), oferecerá Plantão Psicológico em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, nos dias 18 e 19 de maio, no Mutirão de Goiânia, realizado pela Prefeitura na região do Residencial Buena Vista. A iniciativa faz parte da campanha “Faça Bonito” e inclui, além das atividades do Mutirão, visitas às escolas nas proximidades da Av. Ademar Vicente Ferreira com Ernesto Teodoro de Morais.
A iniciativa visa disponibilizar serviços psicológicos à população, proporcionando um espaço de acolhimento e orientação. Contará com profissionais que atuarão em três salas de atendimento e estarão disponíveis para oferecer suporte emocional e esclarecer dúvidas sobre direitos civis e sociais, promovendo, assim, uma maior autonomia emocional e conscientização dos direitos como cidadãos.
Os atendimentos serão realizados das 8h às 16h no sábado e das 8h às 12h no domingo. O objetivo é fornecer assistência, orientação psicológica e um espaço de acolhimento à comunidade, além de promover a conscientização sobre seus direitos e maior autonomia emocional.
Secretária de Direitos Humanos, Cida Garcez, explica que psicólogos são fundamentais para erradicação dos abusos e para ajudar a compreender políticas e estratégias mais eficazes. “A contribuição dos profissionais de psicologia na erradicação do abuso e exploração infantil e adolescente é fundamental em várias frentes. Eles desempenham um papel crucial na identificação precoce de sinais de abuso, oferecendo suporte emocional e psicológico às vítimas, e facilitando sua recuperação. O apoio psicológico é essencial para que crianças e adolescentes vítimas de abuso possam se recuperar, reconstruir sua auto-estima e confiança, e seguir em frente em direção a uma vida saudável e plena.”, finaliza.
Se forem identificados casos, denúncias de abuso ou exploração sexual, a Secretaria realizará o acolhimento e o encaminhamento, com as devidas providências, para a rede socioassistencial da prefeitura, que oferece suporte amplo e abrangente. Essa rede integra o Conselho Tutelar e delegacias especializadas, garantindo atendimento completo e personalizado às vítimas.

Sobre a campanha

“Faça Bonito” é uma campanha nacional de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, que age a partir de três eixos: pauta técnica, pauta política e mobilização social. A mobilização já ocorre há 24 anos com o objetivo de apontar as múltiplas necessidades para revisitar as políticas voltadas para o atendimento em nosso país. Em 2024 o foco da ação é debater sobre os entraves e os desafios que envolvem a linha da Atenção/Atendimento Integral às crianças, adolescentes e suas famílias.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo