Política

Daniel Vilela destaca Codego na implantação de polo industrial em Aparecida

Francisco Júnior foi empossado novo presidente

O vice-governador Daniel Vilela afirmou, nesta sexta-feira (2/6), que o trabalho feito pela Companhia de Desenvolvimento do Estado de Goiás (Codego) para a futura implantação de um novo polo em Aparecida de Goiânia que sediará 300 novas empresas foi um dos destaques da gestão de Manoel de Castro, o “Fião”. E que caberá à nova presidência da Codego intensificar os esforços para que tal projeto seja viabilizado o mais rápido possível.

Daniel esteve na solenidade em que o ex-deputado federal Francisco Júnior foi empossado pelo governador Ronaldo Caiado como presidente daquela companhia. Manoel de Castro, por sua vez, assumiu as Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa). 

No seu discurso, o vice-governador fez referência à transferência do prédio que abriga o regime semiaberto em Aparecida. O local, que segundo Daniel atrapalha o crescimento da cidade naquela região – impedindo a instalação de novas indústrias e, consequentemente, a geração de empregos – será demolido. Novas instalações será construídas próximas ao Complexo Prisional. O vice-governador esteve à frente destas tratativas sob orientação de Caiado.

“Achavam que era uma obra [o novo polo] impossível de ser feita, mas em breve o governador vai entregá-la. Por isso o ‘Fião’ tem um papel muito importante nesta conquista para Aparecida e para o estado, que vai receber grandes investimentos”, comemorou Daniel. 

“O governador tem procurado, cada vez mais, qualificar e aperfeiçoar o governo, seja com ferramentas modernas de gestão, ou com pessoas assumindo funções estratégias. Ao mesmo tempo, tem aproveitado todos que fazem parte do seu grupo político, como ‘Fião’ e o Francisco. Parabéns aos dois”, acrescentou o vice-governador.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo