Estado

Homem que matou comerciante por engano foge pela 2º vez, em Caldas Novas

Caio Francisco Morais é suspeito de matar um comerciante a tiros “por engano”

A Polícia Civil procura por Caio Francisco Morais, de 30 anos. O homem é suspeito de matar o comerciante, Claudiomar da Silva, com um tiro na cabeça ‘por engano’, em Caldas Novas. O suspeito fugiu depois dos disparos, mas chegou a prestar depoimento e confessar o crime. Porém, como não ficou preso, fugiu da cidade.

De acordo com o delegado do caso, Alex Lima, o suspeito se apresentou à polícia no dia seguinte ao crime, na última sexta-feira (11). Enquanto confessava o homicídio, Caio disse apenas que buscou a arma em casa para se defender de uma briga de trânsito e não demonstrou arrependimento pelas consequências do crime, segundo o investigador.

De acordo com a polícia, Caio foi liberado logo depois de prestar o depoimento, pois não havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

Agora que fugiu, a Justiça concedeu à Polícia Civil o direito ao mandado de prisão preventiva contra o investigado. Mas, até o momento, Caio segue sem ser localizado.

A fim ser localizar Caio, a corporação tem divulgado o nome e uma foto com o rosto dele. Aqueles que tiverem informações do paradeiro do suspeito, devem acionar a Polícia Civil pelo 197.

Vale ressaltar que, Claudiomar morreu enquanto tentava salvar a vida da mãe de Caio. O comerciante viu o momento em que a mulher se envolveu em um acidente de trânsito com um motociclista e parou para prestar socorro. Caio, no entanto, iniciou uma briga de trânsito com o motociclista e efetuou disparos para tentar acertar o desafeto. Porém, atingiu Claudiomar por engano

Um novo envolvido

Polícia prendeu suspeito de vender arma usada para matar o comerciante Claudiomar, em Calda Novas (Foto: Divulgação - Polícia Civil)

Polícia prendeu suspeito de vender arma usada para matar o comerciante Claudiomar, em Calda Novas (Foto: Divulgação – Polícia Civil)

Apesar de Caio estar foragido, os agentes civis conseguiram prender um outro homem, supostamente envolvido com o crime. A prisão dele ocorreu em Morrinhos, nesta sexta-feira (18).

De acordo com o Delegado Alex, esse novo suspeito seria o responsável por vender a arma do crime para Caio. Além disso, ele também teria ajudado o atirador a fugir da cidade.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo