Mais lidasSenador Canedo

Ao custo de R$ 4,4 milhões, Senador Canedo terá nova represa para armazenar água

Proposta da Sanesc é fazer o armazenamento de água durante chuva para abastecimento durante a estiagem

Com orçamento previsto de R$ 4,4 milhões uma nova represa começou a ser construída no Ribeirão Bonsucesso em Senador Canedo. De acordo com a Agência de Saneamento de Senador Canedo (Sanesc), uma barragem será instalada no local, que fica próximo a um loteamento clandestino alvo de ação do Ministério Público de Goiás (MP-GO). No entanto, o presidente da Sanesc, Cainã Teodoro, afirmou que a situação não será um impeditivo para as obras.

Segundo o presidente, “a Justiça já determinou a desocupação da área que será afetada pela construção da nova represa”. “Então não terá problema”, garantiu.

Com a represa, a Sanesc espera resolver o problema da crise hídrica no município durante a seca, isto é, a ideia é armazenar água durante o período chuvoso. O presidente da Sanesc, Cainã Teodoro, explicou ao Jornal Opção que já existe um reservatório no local, chamado Haras. No entanto, no ano passado, ele chegou ao nível mínimo.

“Foi quando surgiu de fazer um novo reservatório acima para se estocar mais água, onde foi feito um projeto duas vezes maior que o reservatório existente que é esse reservatório que nós estamos executando agora, essa barragem”, afirmou. Cainã pontua que o período chuvoso dura por longos meses.

“Aproximadamente seis e sete meses do ano, onde existe uma sobra de água. Então esse reservatório é para fazer essa reservação durante esse período chuvoso para que essa água possa ser utilizada no período de crise hídrica, que é um período de cinco a seis meses”, prevê.

A Sanesc informou que a água bruta captada será tratada na Estação de Tratamento de Água (ETA) Lúcio Rosa, localizada na Avenida Dom Emanuel, no centro da cidade de Senador Canedo. O custo desta obra será de mais de R$ 4,4 milhões, com prazo de execução de 120 dias.

Obra

Conforme o projeto, a nova barragem será executada no Ribeirão Bonsucesso e abrangerá uma área de 127.494,44 m². A represa acumulará volume total de 458 mil m³ de água, o que irá superar as represas já existentes.

Para se ter ideia, o reservatório Haras possui 324 mil m³, enquanto Bonsucesso, 50 mil m³. Isso irá dobrar a capacidade de armazenamento de água no município.

A previsão é de que as obras sejam concluídas em seis meses.

Região da construção da represa | Imagem: divulgação/Sanesc
Região da construção da represa | Imagem: divulgação/Sanesc

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo